Entre em contato
(44) 3027-2300

Conhecendo o BlackGold

2 de maio de 2017 - Cleyton Domingos - Produtos

Conhecendo o BlackGold

        O BlackGold é um dos mais recentes diamantes que compõe o portfólio de joias da Fortgreen. Lançado em 2014, trata-se de um produto a base substâncias húmicas (SH) que pode ser dividida em huminas, ácidos húmicos e fúlvicos. Essas SH são extraídas de um minério chamado leonardita que é resultado da decomposição de plantas e animais, com ação de microrganismos durante milhares de anos. Além das SH contidas no produto, ele também é composto de fitormônios naturais. Esses componentes são responsáveis por vários fenômenos do ciclo de vida vegetal, como por exemplo: germinação, crescimento, floração, divisão celular e maturação.
        Somado a questão desse produto conter as SH e fitormônios e não ter praticamente nenhum nutriente em sua composição ele é classificado como um produto fisiológico, ou seja, ele altera positivamente o metabolismo das plantas, fazendo com que elas extraiam mais nutrientes do solo, aumentem a produção de energia, tonam-se mais tolerante aos estresses ambientais, aumentem o seu volume radicular, acumulem mais matéria seca o que resulta numa maior produtividade.
        Atualmente temos a recomendação do BlackGold para as culturas gramíneas: milho, trigo, arroz e cana-de-açúcar e hortifrutícolas como: batata, tomate, cebola, alho, pepino, cenoura e uva.
        Na cultura do milho, na qual ele é mais utilizado, sua aplicação é realizada no estádio vegetativo de V4 (três folhas completamente expandidas) até V8 (oito folhas completamente expandidas).
        Os principais benefícios que podem ser observados no milho são: aumento do: diâmetro de colmo, massa foliar, número de fileira de grãos por espiga, além de padronizar o tamanho de espiga e consequentemente aumentar a produtividade (Imagem 1 e 2). Compilando os resultados de 60 áreas de milho segunda safra, ou como é conhecido, milho safrinha de 2015 e 2016, colhidas no oeste e noroeste do Paraná obteve-se um incremento médio de 600 kg/ha. Um resultado extremamente satisfatório tanto para o produtor quanto para a empresa.

IMAGEM 01: Padrão de espigas e volume foliar de plantas de milho com e sem a aplicação de BlackGold. 


IMAGEM 02: Número de fileiras de espiga, retenção de folhas no baixeiro, sanidade de colmo e altura de plantas de milho com e sem a aplicação de BlackGold. 

Compartilhar:


Veja mais noticias dessa categoria: Produtos